ADORO... (II)

...Cinema

A verdade é que a vida é como em A Rosa Púrpura do Cairo. Existem duas vidas reais, separadas por uma tela. A gente pode ver o que se passa do lado de lá e eles podem ver o que se passa do lado de cá. E outra verdade é que o filme que a gente vê é muito melhor do que o filme que eles vêem. É por isso que, das duas uma: ou eles fingem que não estão olhando, para não se misturar muito conosco, ou perderam mesmo o interesse.

 

...Os anos 1980

Eu não me vestiria como alguém dos anos 1980 nem nos próprios anos 1980. Aliás, não me vesti. Mas não houve nenhuma outra época onde até o mau gosto era tão divertido. Nos anos 1970 o mau gosto era cafona. Nos 1990, foi pior: grotesco. Nos 1980 o excesso no visual era o reflexo de quem respirava a liberdade recém-conquistada no país e ainda não sabia bem o que fazer com ela – mas podia finalmente pensar nisso depois e se divertir agora. Até muito das músicas ruins dos anos 1980 eram boas – principalmente sobre a ótica de quem teve que aturar o que viria depois. Éramos felizes e – pior – sabíamos.

 

...Quadrinhos.

Se minha vida fosse uma historinha da Mônica, eu seria o Cascão, sem a sujeira e com o interesse pelas artes da Marina.

Se fosse da Mafalda, eu seria o Felipe, mas gostaria de estudar.

Se fosse dos super-heróis da DC, eu seria o Homem-Elástico com o jeitão de escoteiro do Super-Homem.

Se fosse da Marvel, eu seria o Peter Parker muito mais do que o Homem-Aranha.

Se fosse do Calvin, estaria mais para o Haroldo. Espero.

Se fosse da Disney, eu iria querer ser o Tio Patinhas. Mas não sei, não, se conseguiria ser mais que o Pato Donald.

Se fosse do Peanuts, Charlie Brown disparado.

 

ADORO... (I)

...Mulheres.

É lógico que são maravilhosas. Foi a última criação de Deus – ele já havia treinado bastante, estava com prática. E, além do mais, o homem já estava ali, para dar seus palpites. 

- Afina a cintura um pouquinho. Isso. Agora, aumenta mais um pouco mais essas duas coisas redondas aqui em cima.  

- “Seios”, Adão. 

- Pára, pára aí! É isso! Não mexe mais em nada... 

Quando Deus concluiu seu projeto, sentiu-se realizado: havia chegado à perfeição. Ao sublime. Sem equívocos, como a tromba do elefante ou as pernas em excesso da centopéia. Ali, chegou ao equilíbrio ideal. Porém, depois de um tempo, Adão não parecia muito satisfeito. 

- Qual é o problema, Adão? 

- Não sei... Sabe quando algo é perfeito demais? Em excesso? Ela é linda, é inteligente, é divertida... A verdade é que está meio sem graça. 

- Sem graça? 

- É. Meio sem emoção. Eu já sei tudo o que vai acontecer. Aí, está meio chato. 

- Bom, eu posso fazer com que ela tenha algumas atitudes imprevisíveis de vez em quando. 

- Parece interessante... O que o Senhor pretende? 

- Bem, talvez fazê-la ter umas reações desproporcionais ou sem sentido. Ou, às vezes, as duas coisas juntas. Ah, peraí, pensei numa coisa que vai desconcertar você. 

- O que é? 

- Olha só: ela vai ficar emburrada e você não vai saber o que é. Aí, quando você quiser resolver o problema e perguntar, ela vai responder: "Nada". Garanto que isso vai tirar você do sério. 

- Beleza! Pode instalar. 

E, assim, o ser que é perfeito foi aperfeiçoado com a inclusão de alguns defeitos charmosos. Adão nunca soube se agradecia ou se arrependia. Mesmo assim nunca teve dúvidas de que Eva era o ponto alto da veia artística divina. Dá-lhe, Senhor!

NÚMEROS DO ANIVERSÁRIO

Festa surpresa: 1

Mensagens no celular: 3

Telefonemas: 4

E-mails: 7

Cartas ou cartões tradicionais: zero.

Mensagens na caixa postal do celular: 2. A bateria do meu telefone acabou no decorrer do dia...

Cartões virtuais: 5. Sendo três diferentes da mesma pessoa.

Beijos na boca: zero.

Scraps no Orkut: 31!

Abraços: Perdi a conta...

Obrigado a todo mundo, adorei cada uma das lembranças e das palavras. Agora, aproveitando o ensejo, estou oficializando de vez: vai rolar mesmo a festa 80 Músicas dos Anos 1980. Só não vai ser no dia 27, que estava previamente marcado - a nova data é sábado, dia 4 de dezembro.

O pretexto ainda é meu aniversário atrasado (o dia 17 + 17 dias), mas também vai acabar agregando o aniversário da Eliane Cristina, do Lula Mousinho e de quem mais vier por aí - enfim, o importante é o repertório. Não é uma festa à fantasia, mas, claro, ninguém vai impedir você de ir vestido de Robert Smith ou Cyndi Lauper. E não esqueçam de levar comidas e/ou bebidas! Para saber onde é, aguardem os e-mails-convite, que não vou ficar colocando o endereço da moça aqui, pra todo mundo ler.

ESTREANDO
Eu ia escrever uma apresentação longa e divertida, mas vou deixar pra depois. Estou na assessoria de imprensa do Festival Nacional de Arte (Fenart), já passa da meia-noite e o pessoal aqui acabou de revelar uma festa surpresa pelo meu aniversário. Iuhu, vou lá!
[ ver mensagens anteriores ]
Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, JOAO PESSOA, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, Spanish
MSN - renatofelix2002@hotmail.com