ATUALIZANDO...

Eu sei que demorei a colocar novidades aqui. Mas, de certa forma, foi de propósito. Não quis que o texto de sábado passado ficasse ofuscado por mensagens novas e decidi deixá-lo um tempo no topo. Mas vamos lá, vamos tentar pegar o ritmo...

CINEMA HOJE EM JP

Estréias:
Anjo de Vidro
(Noel, EUA, 2004). Drama natalino sobre pessoas que passaram por maus momentos e se encontram, cada uma esperando um milagre de Natal. Com Penélope Cruz e Susan Sarandon. N/A
Fábio Fabuloso
(Brasil, 2004). O documentário sobre a vida do surfista Fábio Gouveia é uma simpatia só. Narrado em bom "nordestinês" arranca várias risadas e consegue passar a admiração pelo seu protagonista. É até terno quando fala dos filhos de Gouveia. Decididamente não é só um filme para surfista ver. ***
Papai Noel às Avessas (Bad Santa, EUA/ Alemanha, 2003). Billy Bob Thornton é um bandido grosseirão, mulherengo e alcóolatra, que se emprega como Papai Noel de loja para depois roubá-las. Comédia do mesmo diretor de Ghost World (2000). N/A
Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida
(Brasil, 2004). Por pior que seja, não será pior que Requebra ou Popstar. Xuxa é uma bióloga que lidera um grupo que deve salvar uma criança. Aí, ela descobre que é a reencarnação de uma deusa viking. Sei. Pelo menos, nada de pagodeiros e bandas de axé à vista. N/A

EM CARTAZ
As Branquelas (White Chicks, EUA, 2004). Dois policiais negros se disfarçam de colegiais brancas para investigar um crime. Para os fãs de coisas como Todo Mundo em Pânico (2000). N/A
Bridget Jones no Limite da Razão
(Bridget Jones - The Edge of the Reason/ Bridget Jones - L'Âge de Raison, Inglaterra/ França/ Alemanha/ Irlanda, EUA, 2004). A continuação das aventuras da solteira balzaquiana mais complicada da Inglaterra não é tão boa quanto o primeiro filme, investindo mais do que devia em piadas fáceis. Mas ainda é muito engraçada em vários momentos e Renée Zellweger é um encanto. ***1/2
Os Esquecidos (The Forgotten, EUA, 2004). Caso clássico de uma ótima idéia jogada fora. O início intrigante e de bom andamento é desperdiçado quando se desvenda qual a verdadeira razão de ser do filme. Pelo menos é com Julianne Moore.  **
Os Incríveis
(The Incredibles, EUA, 2004). A nova animação da Pixar é o de sempre: uma história excelente, personagens mais verdadeiros que a maioria dos filmes por aí, animação no tom exato. Mas, desta vez, eles entram num terreno inédito para eles e difícil para um desenho animado: os filmes de ação. No ritmo dos filmes de James Bond, é mais um trabalho primoroso do estúdio. ****1/2
A Má Educação
(La Mala Educación, Espanha, 2004). O novo filme de Almodóvar tem um roteiro intrincado, com tramas que vão revelando serem outras e outras. É interessante, embora o resultado final não soe tão bom quanto alguns de seus trabalhos anteriores. ***1/2
Um Natal Muito, Muito Louco
(Christmas with the Kranks, EUA, 2004). A comédia natalina (com esse título brasileiro infame) sobre um casal que resolve fingir que o Natal não existe e enfrenta a resistência da comunidade até que não é má. Graças aos bons atores - Tim Allen, Jamie Lee Curtis e Dan Aykroyd - é possível se divertir. **1/2
Refém de uma Vida
(The Clearing/ Anatomie einer Entführung, EUA, 2004). O drama sobre o executivo (Robert Redford) que é seqüestrado por um desempregado (Willem Dafoe) começa bem, alternando-se entre a relação entre eles e as reações da família do raptado. Mas logo começa a patinar e andar em círculos. Salva-se a interpretação da sempre brilhante Helen Mirren, como a esposa de Redford. **

[ ver mensagens anteriores ]
Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, JOAO PESSOA, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, Spanish
MSN - renatofelix2002@hotmail.com