A MULHER DO SÉCULO (I)

Esta série já saiu no Portal Bip e na revista A Semana. A brincadeira é uma escolha pessoal de uma atriz para cada século.

Anos 1920: Louise Brooks

Tá, eu confesso: só vi um filme de Louise Brooks. Mas foi A Caixa de Pandora (1928), o mais célebre deles. Louise era americana, mas foi à Alemanha rodar este filme com G.W. Pabst. Muito diferente das mocinhas ingênuas do cinema e também longe das vamps que encarnavam a outra metade das atrizes jovens do cinema mudo. Louise Brooks era única, sério. Como Lulu, ela eternizou o corte de cabelo curto, exalava sexo por todos os poros em seu papel, protagonizou aquela que é considerada a primeira cena lésbica do cinema (ela dança com outra atriz). Uma beleza surpreendentemente moderna para a época, ela não precisava dizer nada. Mas ela também disse muito com palavras: virou escritora depois que abandonou o ofício de atriz de cinema – do qual, aliás, nunca se submeteu às normas.

CASAIS QUE EU ADORO (I)


Paul & Linda

[ ver mensagens anteriores ]
Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, JOAO PESSOA, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, Spanish
MSN - renatofelix2002@hotmail.com