CASAIS QUE EU ADORO (VI)


Bogart & Bacall

*Outros casais que eu adoro: I - II - III - IV - V

UNIVERSO DE AÇO

Muitas foram as vezes que o Super-Homem ganhou imagens e movimento e voz. As séries de TV: dos anos 1950, Superboy, Lois & Clark e Smallville. Os desenhos animados: dos irmãos Fleischer, nos anos 1940; os dos anos 1960; os Superamigos; os dos anos 1980; os dos anos 1990; os da Liga da Justiça). E, claro, os filmes: os quatro longas, de 1978 a 1987.

Comparando tudo, quais as melhores representações dos personagens do universo do Super-Homem?

Super-Homem: o de Superman - O Filme
Alguém da equipe disse num documentário que Christopher Reeve "sabia voar". É verdade! Naquele aparato de cabos e back-projections, ele conseguia parecer totalmente à vontade e esconder que tudo não passava de truques mecânicos e fotográficos. Durante o filme, ele eternizou a imagem do super-herói, em seu melhor: humano, destemido, romântico, divertido, levemente malicioso. Não é um pássaro, nem um avião: é mesmo o Super-Homem!

Lois Lane: a de Lois & Clark - As Novas Aventuras do Superman
Espevitada, metida, mandona, abelhuda, meio infantil - mas cheia de graça, um jeito de menina delicioso e um destemor admirável. Teri Hatcher, como a Lois do seriado, era tão ótima que comandava a série. Tanto que foi ela que, a certa altura, descobriu que Clark Kent era o Super-Homem - e não teve que passar pela humilhação da revelação partir dele, como nos quadrinhos.

Lex Luthor: o de Superman - O Filme
O sombrio e ambígüo Lex Luthor de Smallville que me perdoe, mas nada supera o maravilhoso vilão de Superman - O Filme. "Lex Luthor, a maior mente criminosa do nosso tempo!". O charme do criminoso, misturado a uma fanfarronice ímpar, e cercado por um baixinho idiota e uma bonitona voluptuosa como aceclas, não teve igual nas aventuras do Super-Homem: nem nos quadrinhos, nem na tevê, nem nos desenhos animados.

Clark Kent: o de Smallville
A história do jovem que vai descobrindo seus poderes e que destino vai tomar foi muito bem contada nos dois primeiros anos da série - daí para a frente, a série se perdeu um pouco. A expressão de bonzinho e a semelhança com Christopher Reeve ajuda.

 

 

 

 

 

 

 

 


Lana Lang
: a de Superman - The Animated Series
Independente e decidida, a Lana Lang de Superman - The Animated Series e de dar orgulho. Longe de ser a coitadinha em que os quadrinhos a transformaram e sem o ar "barrados no baile" da que está no seriado Smallville, é uma concorrente à altura de Lois Lane: ela sabe do segredo de Clark e convive muito bem com isso.

QUEM DIRIA?...

Pesquisa mostra que cérebro feminino 'desliga' durante o orgasmo

Globo Online
Agências Internacionais

COPENHAGEN - Uma pesquisa que investigou o que acontece na cabeça das mulheres quando elas chegam ao orgasmo coloca em dúvida vários "dogmas" de uma vez. A primeira é que a principal zona erógena delas é o cérebro - se fosse, o que explicaria que boa parte dele simplesmente desligue na hora H? Outro é sobre fingir prazer: para os parceiros, elas podem até conseguir; para exames geram imagens do funcionamento do cérebro, jamais. Por fim, uma surpresa sobre "preliminares": nos homens, elas ativam uma parte do cérebro ligada à emoção; nas mulheres, o que está importando é a sensação física.

O estudo da Universidade de Groningen, na Holanda, foi apresentado nesta segunda-feira no encontro anual da prestigiada Sociedade Européia de Reprodução Humana e Embriologia.

- As mulheres podem imitar um orgasmo muito bem, mas nada está realmente acontecendo no cérebro - relatou o pesquisador Gert Holstege, cuja equipe examinou 13 mulheres e 11 homens, de 19 a 49 anos, em três situações: quando eram estimulados por seus parceiros, quando chegavam ao orgasmo e durante o repouso. - Queríamos saber o que o cérebro estava fazendo durante o orgasmo.

O que os cientistas encontraram, porém, foi um choque até para eles.

Quando uma mulher chega ao clímax, boa parte do cérebro simplesmente pára: não há atividade nas áreas envolvidas em medo, emoção ou no córtex, associado à consciência.

- A desativação dessas áreas muito importantes do cérebro pode ser a coisa mais importante necessária para ter um orgasmo - disse Holstege. - Significa que, se você está com medo ou com um grau alto de ansiedade, então é muito difícil fazer sexo, você realmente não se entregou.

Segundo uma reportagem do jornal britânico "The Sun", a única parte do cérebro feminino claramente ativa durante o orgasmo era o cerebelo, associado com o controle de movimentos, mas que também tem um papel nas emoções.

- Se uma mulher finge o orgasmo, vemos a mesma coisa no cerebelo, mas o córtex, a parte consciente do cérebro, também aparece ativo.

Holstege disse que, sobre o orgasmo masculino, os exames foram menos conclusivos - em parte porque eles são mais rápidos. Por outro lado, quando apenas estimulados sexualmente, os homens apresentam mais atividade nas áreas ligadas à emoção e ao medo do que as mulheres.

Quando os voluntários foram estimulados por dois minutos, sem chegar ao orgasmo, homens e mulheres apresentavam desativação do chamado "centro de medo" do cérebro. Mas, nos homens, a ínsula, uma parte primitiva do cérebro ligada à emoção, é ativada.

É como se "a interpretação do que está acontecendo seja importante para eles", disse Holstege. "As mulheres, aparentemente, não têm essa idéia de que, OK, isso é muito importante. Com as mulheres, a sensação primária está lá, mas não a interpretação."

* Sem piadinhas do tipo "Elas desligam o cérebro? E estavam ligados?", por favor...

[ ver mensagens anteriores ]
Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, JOAO PESSOA, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, Spanish
MSN - renatofelix2002@hotmail.com