CEM PREFERIDOS - 31


31. De Volta para o Futuro (Robert Zemeckis, 1985)

E se você voltasse no tempo, encontrando seus pais antes de se conhecerem e sua mãe se apaixonasse por você? Com essa premissa genial, De Volta para o Futuro revitalizou a batida fórmula das viagens ao passado e ao futuro, injetando um humor inteligente e uma sucessão de situações-limite. Orquestrado à perfeição por Robert Zemeckis, o filme é um paradigma da moderna mistura de ficção científica e comédia, e ainda não superado.

RETROSPECTIVA - ADORO (II)/ DETESTO

Mais um pouquinho...

ADORO... (II)
...Cinema
A verdade é que a vida é como em A Rosa Púrpura do Cairo. Existem duas vidas reais, separadas por uma tela. A gente pode ver o que se passa do lado de lá e eles podem ver o que se passa do lado de cá. E outra verdade é que o filme que a gente vê é muito melhor do que o filme que eles vêem. É por isso que, das duas uma: ou eles fingem que não estão olhando, para não se misturar muito conosco, ou perderam mesmo o interesse.

...Os anos 1980
Eu não me vestiria como alguém dos anos 1980 nem nos próprios anos 1980. Aliás, não me vesti. Mas não houve nenhuma outra época onde até o mau gosto era tão divertido. Nos anos 1970 o mau gosto era cafona. Nos 1990, foi pior: grotesco. Nos 1980 o excesso no visual era o reflexo de quem respirava a liberdade recém-conquistada no país e ainda não sabia bem o que fazer com ela – mas podia finalmente pensar nisso depois e se divertir agora. Até muito das músicas ruins dos anos 1980 eram boas – principalmente sobre a ótica de quem teve que aturar o que viria depois. Éramos felizes e – pior – sabíamos.

...Quadrinhos.
Se minha vida fosse uma historinha da Mônica, eu seria o Cascão, sem a sujeira e com o interesse pelas artes da Marina.
Se fosse da Mafalda, eu seria o Felipe, mas gostaria de estudar.
Se fosse dos super-heróis da DC, eu seria o Homem-Elástico com o jeitão de escoteiro do Super-Homem.
Se fosse da Marvel, eu seria o Peter Parker muito mais do que o Homem-Aranha.
Se fosse do Calvin, estaria mais para o Haroldo. Espero.
Se fosse da Disney, eu iria querer ser o Tio Patinhas. Mas não sei, não, se conseguiria ser mais que o Pato Donald.
Se fosse do Peanuts, Charlie Brown disparado.

DETESTO...
...Cigarro
Alguém poderia achar que namorando uma fumante, minha tolerância ao cigarro aumentaria pela convivência. Ledo engano. Ela até que evitava fumar perto de mim, mas hoje não só detesto cigarro mais do que antes como agora detecto como um radar o cheiro de nicotina no momento em que o execrável tubinho é aceso, mesmo que seja num Maracanã lotado e no meio da torcida do Vasco - eu estando, claro, na torcida do Flamengo. E, desculpem, mas não há nada mais brochante que uma mulher fumando.

...A axé music
No futuro, todos hão de concordar que este foi o ponto em que a civilização ocidental começou a ruir. Aqueklas bundas balançando como um liquidificador desgovernado não tem nada de sexy, o (mau) uso de uma suposta cultura afro não me comove, as letras são de uma ruindade até então desconhecida nos cinco continentes, os "ôôôs"e "aaas" em excesso não me enganam. Sinto muito, mas meu cérebro não se desliga assim.

...Textos escritos errados na internet
Reflexo de uma educação deficiente, pura preguiça ou simplesmente modismo bobo? O que faz uma pessoa que possui cinco dedos em cada mão ter medo de gastar duas ou três letras a mais escrevendo "você" e não "vc", "aqui" e não "aki", "muito" e não "mto"? Além de errado, é feio pra caramba!

[ ver mensagens anteriores ]
Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, JOAO PESSOA, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, Spanish
MSN - renatofelix2002@hotmail.com